string(1) "1"
 

Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 17 de janeiro de 2019.
03/10/2016
Sonorização de Ambientes
7 Dicas para dar vida ao som do seu ambiente


Para que você tenha melhorias na qualidade de som do seu ambiente, tenha em mente que informação correta é a palavra-chave.

Independente do ambiente, um dos principais problemas do sistema de som é a regulagem. A maioria dos equipamentos tem um número elevado de botões que permitem ao operador ou ao projetista de fazer os ajustes finos para que o sistema como todo funcione da melhor maneira possível dentro do ambiente determinado.

Como muitas vezes o sistema de som é usado e “operado” por leigos, observa-se com frequência sistemas desregulados e consequentemente com péssimo desempenho no resultado final.

Por isto a LANDO projeta e instala sistemas onde estas regulagens são impossíveis de serem alterados acidentalmente, permitindo o uso e a operação por leigos sem correrem o risco de prejudicar o resultado final.

Se o seu sistema permite as regulagens livremente, e você estiver descontente com o resultado final, é importante compreender a capacidade e as possibilidades de cada equipamento para se obter um bom resultado.

Aprenda tudo o que puder sobre a aparelhagem. Entenda para que serve cada botão, leia o manual de instrução dos equipamentos e fique atento sobre as dicas de sonorização.

 

1 - Entenda sobre cabeamento

 

Existem cabos específicos para cada tipo de ligação.

Somente use cabos de sinal (coaxiais) para conectar equipamentos entre si. Nunca use entre amplificadores e caixas de som.

Nunca use cabos paralelos (ou torcidos) para interligar instrumentos ou equipamentos. Somente use entre amplificadores e caixas de som.

 

2 - Equalize na medida certa

 

Equalizar é ajustar os graves, médios ou agudos de um canal ou de um sistema. No sistema, este ajuste é feito num equalizador gráfico, paramérico ou de banda que tem como função principal acertar a resposta das caixas de som e, eventualmente, reduzir frequências que estejam “sobrando” no ambiente.

A equalização deve ser aplicada como se fosse um tempero, na dose certa, e não com exageros (todos os botões na posição máxima ou mínima são exageros).

 

3 - Faça ajustes precisos na compressão

 

Uma das principais funções do operador de som é o controle de nível ou da intensidade sonora de cada um dos elementos que compõem o seu “mix”.

Como a música e a voz humana são capazes de variações dinâmicas muito grandes em curtíssimos espaços de tempo, foi necessário criar-se um equipamento que controlasse estas variações de forma mais eficiente que as mãos dos operadores.

O compressor, dependendo dos seus ajustes, pode limitar um som, estabelecendo um teto rígido do qual ele não passará por mais que o som original aumente; comprimir o som atuando de forma mais suave, com um teto flexível, quando este ultrapassar um determinado nível; realçar o som de um instrumento permitindo ao operador deixar sua execução suave mais alta no “mix”, por ter a segurança de que quando vierem os picos, o compressor não deixará que sobrecarreguem a entrada da mesa; e abaixar automaticamente um som a partir do surgimento de outro qualquer.

 

4 - Evite riscos com amplificação / Evite o risco de queimar os alto-falantes

 

Saiba que mais caixas são ‘queimadas” por falta de potência de amplificação e não pelo excesso. Caixas de som profissionais, certificadas por fabricantes sérios suportam amplificação em torno do dobro de sua especificação RMS por pouco tempo para reproduzir picos altos na música ou na fala.

Se um amplificador trabalha no limite da sua potência ele destroce quando recebe picos de sinal. Estas distorções podem ter efeitos letais para as caixas e principalmente os tweeters.

 

5 – Preste atenção na estrutura

 

Preste atenção para que a estrutura de ganho de todo o seu sistema está correta para que nenhum componente venha a “clipar” e cabe mandando sinais para as caixas que elas nunca foram projetadas para reproduzir e que no mínimo são desagradáveis ou ouvido.

 

6 - Obtenha uma cobertura de som uniforme

 

Para obter uma cobertura uniforme, use as caixas certas, na quantidade certa nos lugares certos. Certifique se de que o som tenha o mínimo de varação possível dentro do ambiente ocupável.

 

7 - Menos é mais

 

Uma caixa de capacidade e cobertura adequada proporcionará um som mais límpido do que duas, que, na maioria dos casos, não estão proporcionando o idílico som estéreo para os ouvintes. Quanto menor o número de sons emitidos por retornos e cubos no palco, mais clareza será apreciada pelos ouvintes. Quanto mais o som estiver acima do nível adequado, mais rapidamente ocorrerá a fadiga auditiva nos ouvintes. Na dúvida, monitore com um decibel metro (que é sempre imparcial).

Não deixe o som por último em seu orçamento. Equipamentos de som melhores não remediam um sistema mal projetado e os custos de remendos são sempre bem mais caros do que se fazer a coisa corretamente desde o início.

 

Caso você tenha dificuldades para realizar os procedimentos, evite dores de cabeça, entre em contato conosco. Vamos garantir a qualidade do som no seu ambiente de maneira prática e segura.



Atalhos da página

 

Depoimentos

Contato

Lando Eletro-Acústica
Rua Antenor Bergamo, 510
Bairro Parque dos Cocais - Valinhos/SP
CEP 13273-182
Telefone: ​ 55 (19) 3244-5182
contato@lando.com.br
Rede Corporativa e-Solution Backsite